Conheça os tipos de grãos de café

 em Café

O café é a segunda bebida mais consumida no Brasil, ficando atrás apenas da água. Segundo pesquisa, realizada entre pela ABIC – Associação Brasileira da Industria de Café, o brasileiro está consumindo cada vez mais café. Segundo dados, o consumo per capita subiu de 4,87kg/habitante/ano para 4,89kg/habitante/ano de café torrado. Somente de café moído foram consumidos 6,12kg, o que equivale a 81 litros/habitante/ano. É muito, não é?

Embora existam diversos tipos de grãos de café, os dois mais comuns e consumidos no mundo são: arábica e robusta.

O café arábica é o mais predominante no mercado, responsável por 70% da circulação mundial no mercado de café. Esse grão é o mais abundante na natureza, crescendo ao redor de todo o mundo, e tendo sabores diferentes de acordo com a região. O que mais influencia no sabor é a temperatura; o clima de onde ele é plantado: quanto maior altitude do local do plantio, maior o gosto do café. O café arábica possui um sabor marcante, sendo mais adocicado e ácido, e conta com cerca de 50% de cafeína em comparação com o café robusta. Além de ser visto como um café gourmet, o tipo arábica, geralmente, é um pouco mais caro que outro grão.

O café arábica possui diversos tipos, sendo:

  • Bourbon (Fava): Conhecido pelo aroma mais forte que parece caramelo e por ser mais doce.
  • Catuaí: Esse tipo é bastante adocicada e possui acidez moderada, muito encontrado em plantios brasileiros acima de 1000 metros.
  • Acaiá: Esse café é conhecido por possuir um sabor um pouco achocolatado, e é mais suave e frutado que os já citados anteriormente.
  • Kana: O café kana é produzido no Havaí, e é considerado por muitos o melhor café gourmet mundial.

 

O café robusta, embora seja possível ser produzido em todo o mundo, é mais fácil de encontrar na Ásia, devido às condições climáticas e solo do continente. Em comparação com o café arábica, o robusta é mais amargo e ácido, o que o torna perfeito para bebidas como o café espresso.

A principal diferença dos dois tipos de grãos de café está no seu sabor e no custo de produção. O café arábica possui um custo de produção mais barato em relação ao robusta, e por esse motivo é mais consumido. Porém é preciso ressaltar que há outros fatores que também influenciam no gosto final do café, como o nível torra, o modo de preparo e o equipamento utilizado ao produzir a bebida.

O mais bacana é que se misturar o café arábica com o café robusta é possível criar um sabor bem interessante, de bebidas fortes e extrafortes.

Postagens Recentes
0

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

BlogConheça a história do café com leite